Jogadores sobre resultado: 'poderíamos ter vencido por dois ou três'

Apesar da vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, ficou o sentimento de que o time poderia ter vencido por um placar mais amplo.

Apesar da vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, para quase todos os jogadores do time mineiro o sentimento era que a equipe poderia ter vencido por um placar mais amplo. Essa foi a primeira conquista do Cruzeiro como mandante na Copa do Brasil deste ano. ?Fizemos um bom jogo, impondo nosso volume e pensando apenas no que nós poderíamos fazer. Merecemos essa vitória, poderia ter sido dois ou três, mas sair de campo com a vitória e uma vantagem para o segundo jogo de uma final é sempre importante?, avaliou Thiago Neves. Já o lateral-esquerdo Egídio, que recebeu o terceiro cartão amarelo e não jogará a partida de volta, lamentou o fato de o time não ter 'matado' a decisão. ?Tínhamos que matar o jogo, tivemos algumas oportunidades, mas não marcamos. Mesmo assim, é um placar importante que nos dá a vantagem. Se não levarmos gol, seremos campeões?, avalia o jogador. Quem também mostrou confiança de que a equipe celeste ficará com o título foi o zagueiro Léo. ?Claro que após a partida a gente consegue ver que pecamos em um detalhe aqui, outro ali, são coisas do jogo. Tivemos supremacia nesse jogo, criamos boas oportunidades, mas marcamos apenas um gol. Mesmo assim, se tudo permanecer como foi hoje, ficaremos com o título?. Já Henrique projeta que o resultado da partida obrigará o Corinthians a se abrir na segunda partida. ?Sabíamos da dificuldade que enfrentaríamos nesse jogo. Eles vêm jogando fechado assim desde o início do ano. Vamos focados para buscar mais um grande resultado fora de casa e consequentemente o título. Além disso, como eles precisarão vencer, terão que propor o jogo lá, isso vai dar espaço pra gente jogar?, confia o capitão do Cruzeiro.