Mano Menezes assume parte das vaias destinadas para o meia Thiago Neves

Treinador diz que alguns torcedores não gostaram da substituição; ele reconheceu a atuação abaixo do esperado do meia

Aos 16 minutos do segundo tempo, na partida entre Cruzeiro e Atlético-PR, o meia Thiago Neves foi substituído e deu lugar para o atacante Raniel. Enquanto o camisa 30 deixava o campo, parte da China Azul começou a vaiar o jogador, por conta de sua má atuação. Mas uma outra parte aplaudiu o atleta e demonstrou apoio. O técnico Mano Menezes assumiu parte das vaias, diz que as críticas fazem parte do futebol e prevê uma evolução dos seus comandados com o decorrer dos jogos nesta segunda metade do ano. ?A vaia faz parte. Um pouco da vaia foi para mim. Tinham alguns atrás de mim (atrás do banco) que não queriam que o Thiago (Neves) saísse. A gente é bem maduro para saber que o futebol é assim. A retomada está acontecendo. Eu estou aqui para ser justo. Se tiver que sair, vai sair e vai entrar outro jogador com qualidade, como entrou no lugar do Thiago (Raniel)?, disse. ?Fiz uma alteração tática. Colocamos o Arrascaeta para o meio, o Raniel na frente e o David (entrou) depois. O Rafinha fez a cobertura no último lance antes de sair e atuou em todas as funções táticas do meio para a frente. Nós estamos satisfeitos com o grupo. Nós vamos melhorar?, completa Mano.