França quer tentar anular cartão para não perder Matuidi nas quartas

A Federação Francesa de Futebol vai recorrer à Fifa para contar com meia na partida diante do Uruguai

A Federação Francesa de Futebol (FFF) estuda recorrer à Fifa para poder contar com o volante Blaise Matuidi nas quartas de final da Copa do Mundo, na próxima sexta-feira, contra o Uruguai. O meio-campista está suspenso pelo segundo cartão amarelo, mas a federação quer tentar reverter. "Eu não sei quais as palavras que foram ditas, mas ele acha a punição injusta. O cartão (amarelo) foi dado e vamos ver se podemos retirá-lo. Por que não?", questionou o técnico Didier Deschamps, em entrevista coletiva, após a vitória por 4 a 3 da França sobre a Argentina. Na partida, Matuidi foi advertido pelo árbitro iraniano Alireza Faghani aos 27 minutos do segundo tempo, depois de reclamar da não aplicação de um cartão amarelo para um adversário. Como ele já havia sido amarelado contra o Peru, está suspenso para as quartas de final. Apesar de revelar a intenção de reverter o cartão, Deschamps não se mostrou muito otimista. "Parece-me difícil eles voltarem atrás da decisão. Se o cartão for mantido, ele estará conosco no próximo jogo, mesmo que ele não possa estar no campo, porque ele é muito importante."