Ciro Gomes bate boca, abandona evento e sai vaiado do palco

Pré-candidato não aceitou as regras e deixou o palco

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes saiu vaiado do 35º Congresso da Associação Mineira de Municípios após bater boca com prefeitos. O político não concordou com o formato das palestras e com as perguntas, abandonou o palco e saiu vaiado.

?

?Escuta, senão eu me retiro. Eu não sou demagogo?. ?Eu quero governar o Brasil para restaurar a autoridade dessa baderna que está acontecendo no nosso país. Quero consertar o Brasil restaurando a autoridade?, disse. Ciro teria ainda cinco minutos para fazer suas considerações finais, mas resumiu em menos de três segundos e disse: "Muito obrigado a todos".

Na saída do palco, alguns presentes o ofenderam, chamando-o de "babaca" por ter abandonado o evento por não concordar com as regras definidas pela organização.

Ciro também reclamou que o mestre de cerimônia o interrompeu desnecessariamente e, na saída do evento, em rápida conversa com a reportagem de O TEMPO, disse que aqueles que o atacaram são a 'turma do Bolsonaro'.